Depois de passar bastante tempo em testes nos EUA, o Instagram Shopping chegou à rede social para permitir que os usuários possam comprar alguns dos produtos que eles acabam vendo nas fotografias de certas empresas.

No entanto, desde então até agora, um dos requisitos fundamentais para poder vender artigos no Instagram era ter um perfil de empresa na rede social desde que as vendas foram feitas a partir do próprio aplicativo. Agora o Instagram quer transformar essa estratégia lançando o novo aplicativo de compras: o IG Shopping.

Separação de função por aplicativo

Já se ouve há algum tempo que os responsáveis ​​pelo Instagram estão pensando em separar as funções de sua plataforma em aplicativos independentes.

Por isso, são necessários rumores sobre o Instagram Direct, o serviço de mensagens do aplicativo que pode aparecer em breve na App Store e na Play Store como um aplicativo separado, no estilo WhatsApp.

Agora, a mesma coisa aconteceria com a possibilidade de fazer compras no aplicativo, já que o Instagram Shopping também seria separado do aplicativo “mãe”.

O que se sabe sobre o IG Shopping?

Embora no Brasil a compra através da rede social não seja uma prática difundida, em outras regiões muitas pessoas acabam comprando no Instagram, graças a todas as empresas que oferecem seu catálogo através de uma loja virtual em seu perfil da rede social.

É por isso que o Instagram está agora expandindo a experiência de compra em um novo aplicativo independente, de acordo com rumores que surgiram.

O meio americano aponta que o nome do aplicativo seria o do IG Shopping, expandindo o ecossistema iniciado com o IG TV, que dentro dos mercados de aplicativos também pode ser encontrado como um aplicativo externo à plataforma fotográfica.

Seu uso permitirá que os usuários escolham o que querem comprar, navegando pelas coleções das empresas que seguem o aplicativo original do Instagram e façam as compras diretamente deste novo aplicativo.

Além disso, o IG Shopping teria um link direto com o Instagram (e quem sabe, talvez em breve também com o Facebook). Desta forma, as marcas podem enviar seus seguidores na rede social de fotografia diretamente para a opção de compra no IG Shopping, o que evitaria a navegação em um site qualquer.

Assim como a IG TV tem seu foco em aplicativos como o YouTube, fica claro que o IG Shopping também pode competir diretamente com sites de comércio eletrônico. Neste ponto, e possível destacar as plataformas como Amazon, Wish ou AliExpress, mas não sem atrevimentos para garantir que o novo aplicativo do Instagram atinja o número de pessoas desses serviços. A maioria das empresas tem uma conta no Instagram, mas muitas delas não vendem através do aplicativo.

Talvez pareça um pouco louco que agora que o Instagram tem mais de 25 milhões de contas de empresas ativas e que 4 de 5 usuários sigam pelo menos uma delas, seja solicitado para “migrar” a uma nova plataforma.

É preciso aguardar para ver se o IG Shopping muda essa realidade e as compras no Instagram começam a assumir um novo método de consumo do celular.

IG Shopping, o novo aplicativo de compras no qual o Instagram trabalha
Avalie esse Post

Saiba Mais