Daydream View – Durante um evento em São Francisco, o Google apresentou os primeiros celulares que serão compatíveis com o Daydream, sua plataforma de realidade virtual para seus smartphones e seu primeiro kit. O objetivo deste kit é, de acordo com o Google, “simplificar a complexidade virtual”.

Daydream View Daydream evento-daydream

De acordo com o vice-presidente da divisão de realidade virtual do Google, Clay Bavor, este kit “deve se basear em seu celular, para que você possa carregar a experiência de forma simples e acessível”. Isso significa que o Google está tomando uma direção contrária da Oculus, empresa que é subsidiária do Facebook e da HTC, que apostam em uma alta tecnologia para oferecer a melhor experiência possível, porém seus kits exigem uma constante conexão com computadores extremamente potentes. O Google deixa bem claro que prefere atingir a todos através da inclusão de criadores de conteúdo e fabricantes na sua plataforma e com um kit que foca na comodidade, a um preço muito mais acessível, na Europa custará cerca de R$ 250,00.

O kit do Google, chamado de Daydream View, possui grande destaque em seu design, que é quase todo baseado em tecidos. Isso deixa o Daydream com uma aparência mais cotidiana e menos futurista que o Gear VR da Samsung, e isso também o torna mais leve e mais confortável de usar, já que seu tecido lembra um moletom. Outro ponto forte do Daydream, é sua alta facilidade de uso, pois ele não necessita de nenhum cabo conectado ao celular, o telefone é apenas colocado dentro do kit.

O headset VR chegará ao mercado em novembro com a possibilidade de escolher entre três tons diferentes de cores: gelo (snow), cinza escuro (slate) e vinho (crimson). Terá o preço equivalente a R$ 255. Com este dispositivo você terá experiências de qualidade.

Daydream View cores-daydream

A principal diferença entre o Daydream e o Gear VR, é que existe um controle sem fio no DayDream, o que oferece a possibilidade de gerar experiências mais interativas, onde o usuário pode agir com maior precisão e liberdade.

Daydream View controle-daydream

A estratégia do Google com o Daydream, é a mesma que foi adotada com o Android, oferecer uma plataforma, como sendo um padrão para os desenvolvedores, com especificações mínimas que os fabricantes precisam incluir para receberem o selo Daydream, que garante ao consumidor uma experiência de alta qualidade.

O Daydream View irá funcionar em diversos aplicativos, tais como:

  • YouTube VR;
  • Google fotos VR;
  • Street View;
  • Play Movies VR.

Vale lembrar que ele irá funcionar em mais de 150 aplicações diferentes.

O Samsung Gear VR, não possui um hardware para o funcionamento de aplicações, ou seja, o Google sai na frente do Gear VR e ganha mais um grande destaque.

Daydream View daydream-vinho

Somente serão compatíveis os aparelhos com telas de alta resolução, processadores mais potentes e sensores preparados para a realidade virtual que o Google pretende oferecer. O Pixel e o Pixel XL, seus mais novos aparelhos, são os primeiros dispositivos compatíveis, mas  de acordo com o próprio Google, “chegarão muitos outros no futuro”.

O Google lançou seu kit com diferentes destaques e diversos pontos positivos. E ainda com um preço bem acessível para os consumidores. Vale lembrar que este não é o primeiro headset de realidade virtual do Google, o primeiro headset foi o cardboard, que funciona em todos os celulares que possuem giroscópio e alguns outros sensores. Enquanto a Apple somente possui rumores de que irá entrar no mundo da tecnologia VR.

Veja no site oficial do Google, um vídeo sobre o Daydream clicando neste link: https://madeby.google.com/vr/

Gostou do Daydream? Compartilha com os seus amigos!

 

Veja também:

Yik Yak: O aplicativo que se destacou pelas polêmicas.
Google Assistant: Novo aplicativo que responde suas perguntas
10 Aplicativos para cuidar de idosos, aproveite e baixe!

 

Saiba Mais