Tela, memória RAM, armazenamento, internet e processador. Veja quais são os pontos mais importantes na hora de escolher um celular novo.

Escolher um celular novo nem sempre é uma tarefa fácil. Há uma infinidade de opções no mercado e isso sem contarmos os aparelhos que ainda podem ser importados. Dentre tantas marcas e centenas de modelos como fazer para escolher bem?

Logo a seguir você confere alguns dos principais detalhes que são importantes na hora de trocar de celular e escolher um novo. Confira!

Processador

Como sabemos, o processador é a ‘alma’ do smartphone. Sendo assim, dê preferências para dispositivos que tenham um chip quad-core. Isso quer dizer que este item conta com quatro núcleos para trabalhar o processamento de dados. Deixe de lado as opções dual-core, até porque no mercado já temos diversas opções octa-core (com oito núcleos) e não faz sentido retroceder.

Tela

Dificilmente vamos encontrar alguém que não curte ver vídeos do Youtube, Netflix ou Amazon Prime entre outros no celular. Sendo assim, tenha muita atenção à resolução.

Resoluções Full HD de 1920 x 1080 pixels (ou mais) não apenas garantem boas imagens na hora de assistir os vídeos como também garantem uma melhor visualização das fotos. A dica é não escolher aparelhos que tenham apenas uma tela HD com 1280 x 720 pixels. Essa tecnologia já foi superada.

Memória RAM

Não adianta ter um processador bom se a memória não ajuda na execução das tarefas. Quanto mais RAM menos engasgos e travamentos seu aparelho vai ter. Com isso, opte por dispositivos com 2GB ou mais. Aparelhos com 1GB é receita para problemas.

Armazenamento interno

O armazenamento interno é importante para salvar todos os seus arquivos: vídeos, fotos, documentos etc. Procure comprar aparelhos que tenham 32GB ou mais de memória RAM. Dispositivos com 16GB quase não dão conta do recado. Vale lembrar que o sistema do aparelho por si só já ocupa uma parte da memória. Ou seja, um aparelho com 16GB nunca tem 16GB.

Internet

Atualmente todos querem ficar conectados. O 3G ainda é usado por muita gente, mas é coisa já superada (ou quase). Aposte em aparelhos que tenham 4G uma vez que são compatíveis com as redes mais rápidas. Além disso, algumas operadoras brasileiras estão, aos poucos, oferecendo o 4G Plus.

Outro ponto importante a ser observado é que temos o que chamamos de retrocompatibilidade. Isso quer dizer que seu aparelho 4G vai funcionar com 3G e 2G. Assim, você estará aumentando as opções de conexão de rede.

Aqui apresentamos alguns dos pontos mais básicos e fundamentais na hora de realizar a escolha por um novo aparelho. Claro que a decisão final é sua. Mas lembre-se de que o mundo mobile muda rápido demais e que optar por determinado tipo de aparelho pode trazer mais dor de cabeça do que soluções no futuro. Inclusive se for revendê-lo.

Como escolher um celular novo: Tela, memória RAM, armazenamento, internet e processador
Avalie esse Post

Saiba Mais