Nos últimos tempos reinvindicações feministas começaram a ganhar força e pode se dizer que as mulheres estão se sobressaindo mais em suas atitudes.

Contudo, aplicativos para o universo feminino já existem há muito tempo e agora é o momento para que mulheres terem coragem e baixar ferramentas como o Bumble um aplicativo semelhante ao Tinder, porém quem comanda são elas.

Como funciona o aplicativo Bumble?

O Bumble é o aplicativo de namoro em que a mulher faz o primeiro movimento. Só elas podem iniciar conversas uma vez que os dois usuários gostem um do outro terão 24 horas para decidir se aceitam a proposta ou não. Após esse período, a candidatura desaparece para sempre e o assunto também some.

O aplicativo Bumble pode alcançar os níveis do Tinder

O aplicativo nasceu em 2014 e foi criado por Whitney Wolfe que teve o privilégio de ter sido uma dos co-fundadores do Tinder, mas ela deixou a posição nessa rede de relacionamento quando apresentou um relatório de assédio sexual contra Justin Mateen, outro dos idealizadores do império de namoro.

O discurso feminista que ela apresenta ajudou a se firmar em um setor que é dominado pelo Tinder. O aplicativo Bumble acumulou mais de 26 milhões de usuários registrados em pouco mais de dois anos, aproximando-se de 46 milhões de seu principal concorrente.

Com um crescimento de mais de 70% ao ano, o Bumble num futuro próximo até pode chegar rapidamente aos níveis do Tinder, já que o aplicativo se tornou um dos mais importantes em seu setor.

O Bumble começou a monetizar através de compras in-app em agosto de 2016 e cruzou 100 milhões de dólares em vendas, um número que, com a ajuda da introdução da publicidade deve dobra este 2018.

O Bumble está disponível para mulheres ganharem empoderamento

O que torna o Bumble diferente de outros aplicativos desse mesmo gênero de namoro é principalmente o empoderamento das mulheres, que são as únicas que podem dar o primeiro passo.

Segundo os dados, um milhão de mulheres tomam a iniciativa até o momento. É também o aplicativo que tem as menores taxas de abuso, não tolera comentários inadequados por usuários e que ainda dá importância especial às reclamações.

A operação do aplicativo é semelhante ao Tinder. A principal diferença é que, uma vez que o contato é realizado, a usuária tem até 24 horas para iniciar uma conversa.

Se ela não fizer isso, o rapaz que encaminha o convite desaparece da lista de conversas quando o tempo passar. Após isso, o homem não pode insistir novamente.

O aplicativo possui serviços de pagamento como Bumble Boost e Blumble Coins, que permitem recuperar conexões expiradas ou impedir que elas expirem e também mostra quem gosta de você, mesmo que você ainda não tenha sido valorizado.

Bumble está agora disponível na App Store e no Google Play gratuitamente. Caso você esteja curioso pode utilizar sem compromisso.

CLIQUE AQUI para baixar no Android:

CLIQUE AQUI para baixar no iOS:

App Bumble, uma rede social de “paquera” onde as mulheres tomam a iniciativa.
Avalie esse Post

Saiba Mais