Muitos são os aplicativos de fotografias, como Instagram, We Heart it, Tumblr e outros, mas um goiano quis criar mais uma rede social um pouco diferente voltado para o mundo da fotografia o Qillq, tentando manter uma interação entre os usuários por meio de imagens.

Até porque com a evolução dos smartphones em questão de câmeras de grande potencial, todos os usuários vivem realizando belas fotografias, para ser postada nas redes sociais. Inclusive diariamente as pessoas postam fotos na internet e é possível interpretar essa interação de fotografias nas redes, como uma competição dos usuários e amigos, para tentar mostrar por meio de imagens que está mais feliz, quem está em um lugar mais bonito, quem está comendo a melhor comida e assim por diante. E por que não fazer uma rede social em que o propósito principal é a fotografia, mas não só necessariamente suas fotografias pessoais, como uma forma de competição saudável? Foi o que o goiano desenvolvedor do app pensou.

Como funciona o QillQ?

A rede social funciona da seguinte forma, é como se houvesse um concurso fotográfico, onde são sugeridas várias missões pelo app, “as melhores fotografias sobre determinado assunto”, e assim a melhor fotografia ganha um espaço com moldura na página principal para todo e qualquer usuário do mesmo poder visualizar e conhecer seu perfil na rede. Pode-se encarar a rede social também como um jogo, já que os usuários passam por diversas etapas de desafios. E o intuito principal é entreter o público neste mundo da fotografia diversa. Muito diferente do que a maioria das outras redes de fotografias, em que a maioria é fotografias pessoais, do seu dia a dia em que o intuito é ganhar diversos likes dos seus amigos, para inflar os egos pessoais.

Segundo o criador, ele espera que os usuários possam ter experiências fotográficas incríveis, conhecendo culturas diferentes, já que quando a temática for, por exemplo, paisagem, os mesmo irão se deparar com as paisagens mais diversas existentes.

qillq votacao

Como foi criado?

A criação é do empresário Guilherme Margonari, que é de Goiania, em que teve a ideia em uma conversa com amigos, buscou ajuda com profissionais e desenvolvedores tecnológicos, e acabou formando um grupo e/ou uma parceria com um publicitário, desenvolvedor de programas e engenheiros de software. E com muito esforço e recursos próprios, com um investimento de R$50 mil, conseguiu criar a rede social e disponibilizar o aplicativo no Brasil. Eles esperam ganhar investimentos para que o app possa haver atualizações e crescer ainda mais, já que muito pode ser melhorado.

Disponibilidade do aplicativo

O aplicativo foi ao ar no começo deste mês de Novembro e tem disponibilidade em todo o Brasil, nos aparelhos de celulares com sistema operacional IOS e Android.

DOWNLOAD

GOOGLE PLAY

APP STORE

O intuito de Guilherme, o empresário que teve a ideia do aplicativo, é que o sucesso seja grande, para que possa ganhar investimento para se expandir a rede social para os outros países.

Gostou do artigo sobre Qillq? Compartilhe com os amigos…

Veja Também:

The Ugly Bug Ball – A rede social para pessoas feias!
GroupMe – Faça download da rede social online e offline!
Yik Yak: O aplicativo que se destacou pelas polêmicas.